O Arquivo Português de Informação Social (APIS) é uma infraestrutura científica para as ciências sociais cuja principal atividade consiste na preservação e disseminação de dados de investigação. Com sede no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, o arquivo promove a angariação e a partilha de dados de investigação em formato digital com vista à sua consulta pública, análise secundária e uso pedagógico. Do seu acervo fazem parte um conjunto de bases de dados resultantes de projetos de investigação realizados pela comunidade científica nacional.

Continuar a ler

O APIS tem desenvolvido relações de colaboração com o CESSDA (Consortium of European Social Science Data Archive) e encontra-se empenhado na adesão a esta infraestrutura europeia, que assumirá muito em breve o estatuto de ERIC (European Research Infrastructure Consortium), cuja formalização está dependente da decisão que vier a ser tomada pelos decisores da política científica nacional.
Em termos nacionais, o APIS, juntamente com a Infraestrutura das Atitudes Sociais e Políticas dos Portugueses (IASPP) constituem o consórcio Production and Archive of Social Science Data (PASSDA), que integra o Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico, promovido pela FCT em 2015. O PASSDA tem por objetivos a produção, análise e arquivo de dados com origem em estudos nacionais e internacionais nas ciências sociais. São parceiros do consórcio o ICS-ULisboa, o CES-UC, o ISCSP-ULisboa e o ISCTE-IUL.
Atualmente, o APIS é parceiro do projeto internacional CESSDA Strenghtening and Widening, dirigido pelo consórcio europeu de dados em ciências sociais CESSDA e financiado pela Comissão Europeia/Horizon2020. O projeto, iniciado em agosto de 2015, terá uma duração de 2 anos e visa a consolidação do consórcio e o seu alargamento a novos arquivos europeus de dados em ciências sociais.