As condições de acesso aos dados depositados no APIS são sempre definidas pelo Investigador Responsável pelo estudo. Atualmente, o APIS disponibiliza dois modos de acesso aos dados:

 

  • Acesso Aberto
    Os dados e a documentação ficam disponíveis online e podem ser consultados e acedidos por todos os utilizadores sem necessidade de registo.
  • Acesso com registo de utilizadores
    Os dados e a documentação ficam disponíveis online mas só podem ser consultados e acedidos por utilizadores registados.

Ambas as opções incluem a possibilidade de um período de embargo, em que o acesso é restrito aos membros da equipa de investigação, sem prejuízo que a restante informação do projeto possa ser tratada e disponibilizada.

Após o depósito, a base de dados torna-se referenciável por meio de citação bibliográfica, como no exemplo que se segue:

Cabral, Manuel Villaverde; Silva, Pedro Alcântara da; Mendes, Hugo (2003): Saúde e doença em Portugal, 2001. Arquivo Português de Informação Social, Lisboa. APIS0001, <http://hdl.handle.net/10400.20/23>

O depósito de dados no APIS não implica a transferência de direitos de autor. Contudo, o APIS requer aos depositantes a assinatura de uma declaração de depósito. Este documento autoriza o APIS a proceder ao armazenamento, cópia, digitalização, modificação, migração e utilização dos dados noutras coleções (ex.: catálogo do CESSDA). Sem esta autorização, a preservação digital do estudo ficará comprometida. A declaração informa também sobre as principais responsabilidades do APIS:

 

      1. Proceder ao armazenamento, cópia e documentação dos dados de acordo com as melhores práticas em ciências sociais;
      2. Disseminar os dados no seu catálogo online e noutras coleções (ex.: RCAAP; CESSDA);
      3. Preservar os dados e garantir o acesso contínuo por um período não inferior a 5 anos;
      4. Identificar os autores dos dados por meio de citação bibliográfica;
      5. Promover a boa utilização dos dados;
      6. Notificar o investigador responsável sobre a utilização dos dados noutras publicações, sempre que possível;
      7. Notificar o investigador responsável sobre a má utilização de dados;
      8. Notificar o investigador responsável das mudanças na governação do APIS.

Descarregue a declaração de depósito aqui.

Conheça também as condições de uso dos dados.